fbpx

Escrito por: Artigos

Blindagem Emocional: Como não sofrer?

blindagem emocional

Você já se perguntou alguma vez: Como não sofrer, como ter blindagem emocional, como parar de sofrer ou até mesmo, como eliminar o sofrimento? E é sobre isso que vamos conversar hoje. Como acabar com sofrimento.

Eu preciso começar te dizendo que não tem como evitar, as coisas não vão dar certo sempre na sua vida, e isso é fato. Coisas dão errado, planos não dão certo. Nada na sua vida vai ser perfeito, ou um mar de rosas — ainda bem, né? — porque seria chato, sem graça. E convenhamos, é nos desafios que descobrimos quem realmente somos e até onde podemos ir.

A vida é repleta de emoções, e intensidades. Mas, vamos trabalhar com o fato de que remoer e reviver aquilo que te amargura e entristece é uma escolha totalmente sua. O problema é que pessoas que remoem seus sentimentos e suas tristezas, afastam as pessoas com facilidade, e no fim, acabam sofrendo por solidão. Então, você precisa entender que as coisas vão acontecer, vão dar errado e você amargurar isso é um problema maior. Você precisa passar pela situação e lidar com ela. Como?

BLINDAGEM EMOCIONAL: ENTRANDO EM AÇÃO

Primeiramente, você tem que entender que pode tirar aprendizado de tudo que acontece na sua vida. Deu errado? Ok, mas o que você pode fazer para melhorar? Como você pode contornar a situação? Qual o aprendizado que você tira disso? O primeiro passo é você se responder a essas perguntas. Você precisa enxergar o lado menos pior da situação e como esse lado pode te ajudar a atingir o seu objetivo. Parar de se fazer de vítima, e agir com piedade consigo mesmo, e trabalhar com a realidade tal como ela é.

E então ENTRE EM AÇÃO. Descubra o que você pode/consegue fazer para que na próxima vez dê certo, e coloque suas energias nisso. Outro ponto importante, é que você identifique situações no seu dia a dia que podem potencializar seus sentimentos e suas tristezas. As músicas que escuta, os programas que assiste e até mesmo as pessoas com quem convive. Abasteça seus pensamentos com coisas positivas e que elevem sua autoestima, e que sejam relevantes para a sua vida, para o seu relacionamento e para sua qualidade emocional.

Seja uma pessoa seletiva, não tenha medo de ficar sozinho. Às vezes, nesse medo de ficar sozinho, você acaba se relacionando com pessoas que não agregam na sua vida. Pessoas que te atacam, pessoas que te destroem, e as vezes, discretamente, quando dizem que estão fazendo uma crítica construtiva. A crítica em si nos afasta das pessoas pois temos medo do que o outro vai falar, e acabamos deixando de nos expressar. Portanto, escolha as pessoas que estarão ao seu redor. Ao invés de te destruir, elas precisam te alavancar, te incentivar a ser alguém melhor e ir em frente. Elas precisam mostrar pra você quais são as suas qualidades e virtudes, te ajudar num momento difícil da sua vida. Ser seletivo é um passo primordial para a blindagem emocional.

COMPARE-SE

Por fim, para você se sair melhor no seu objetivo, e sentir que as coisas deram certo, existe alguma habilidade ou competência que você precisa desenvolver para se sair bem? Se sim, corra atrás e desenvolva. Você precisa fazer algum trabalho extra? Vai lá e faça. Compare-se, não com o outro, mas consigo mesmo. Perceba onde já esteve, e até onde chegou. Analise a sua evolução e o quão perto você está de atingir o resultado esperado. Orgulhe-se da sua caminhada. Todos os dias são oportunidades para você ser melhor. Hoje melhor que ontem, hoje melhor que ontem, hoje melhor que ontem. Sempre.

Agora é com você. Coloque as dicas em prática e me conte, o que você vai fazer para parar de sofrer?

Gostou desse artigo? Quer se aprofundar mais nesse assunto, conheça meu novo infográfico sobre autossabotagem!

(Visited 12.508 times, 1 visits today)
Last modified: 8 de maio de 2020