fbpx

Escrito por: Artigos

Como ter Controle Emocional?

Responda as perguntas abaixo:

1) Você já sentiu vontade de “chutar o balde”?

2) Ou aquela vontade de estalar os dedos e todas as pessoas da sua frente sumirem e você ter dois minutinhos de silêncio consigo mesmo? 

3) Qual frequência você tem esse sentimento:

(A) Raramente

(B) Com frequência

(C) Quase sempre

Ter controle emocional é muito importante, na verdade não apenas importante: é fundamental, em especial se você quer crescer na carreira e também na sua vida pessoal, as vezes você quer “desligar” justamente as pessoas mais próximas, para não magoá-las com o seu estresse, ou não se estressar mais.

Para um profissional crescer e se destacar ele com certeza precisará ser resiliente, ele precisará saber lidar com suas emoções. E é claro, na vida pessoal, na vida afetiva, na sua família… uma pessoa também precisará controlar as suas emoções.

Afinal, do que adianta uma pessoa ser super controlada emocionalmente no seu trabalho e na sua casa chegar dando coice em todas as pessoas. Se ela mantiver esse padrão de comportamento, se ela não aprender a controlar suas emoções e expressar suas emoções de forma adequada, ela até pode chegar a ser uma super profissional de destaque e reconhecida, mas sua vida pessoal será solitária, será uma… (complete a frase da forma que preferir)

Pois como psicóloga eu posso afirmar que, ninguém em sanidade mental, quer viver ao lado de uma pessoa agressiva, que não tem controle emocional. Então eu te pergunto:

Você tem usado o controle emocional da forma correta?

Existe um método que te ajuda a controlar suas emoções de uma forma mais eficaz… e o primeiro pilar desse método é você saber se conectar com as pessoas respeitando as suas diferenças. Por fim, e não menos importante: saiba navegar pela tripla percepção da realidade.

Você precisa saber se colocar no seu ponto de vista, no ponto de vista do outro (empatia) e também, no ponto de vista neutro. Nada de chutar o balde ou querer que as pessoas sumam! Vamos controlar nossas emoções de forma estratégia e saudável (entenda-se por “saudável”, não varrer suas emoções para baixo do tapete, isso é ser passivo, e se fizer isso… quem vai sofrer vai ser você).

Gostou desse assunto? Me conta nos comentários! E me sugere um novo tema, para os artigos da semana que vem, que tal? 

(Visited 64 times, 1 visits today)
Last modified: 29 de novembro de 2019