fbpx

Escrito por: Artigos

Estresse emocional – Qual é o seu perfil?

Recentemente o Dr. Redford Williams, em um estudo de ponta, verificou que:

1. fazer as coisas rapidamente, realizar várias atividades ao mesmo tempo e

2. ser competitivo não tem nada a ver com adoecer.

Ao contrário, muitas pessoas com essas características são mais bem-sucedidas e sentem-se mais plenas do que as outras. O fator chave que gera o real problema e que gera toda a resposta ao estresse e que causa doenças, não é estar sobrecarregado ou pressionado e sim a hostilidade. É o fato de tornar-se irritado e negativo com as pessoas e com as coisas à sua volta.

Ele escreveu um livro muito famoso, que virou um best seller, chamado “Anger Kills” ou seja, raiva mata. Sabe aquelas coisinhas simples do dia a dia, que causam um estresse momentâneo? 

  • O elevador que não chega imediatamente;
  • Filas lentas no mercado, no banco, ou no trânsito;
  • Crianças que desobedecem;
  • Máquinas que quebram etc. 

Se você atribuir a elas uma importância que elas não tem, você gera uma raiva dentro de si e esse tipo de raiva pode te matar… irritação diária, culpar os outros ou algo, ficar zangado e agir agressivamente são sinais de hostilidade. E essa hostilidade vira um hábito, que cada vez que ela é alimentada é como se tomasse uma dose diária de veneno de ação lenta. 

Ok, Gi! E que veneno é esse? O cortisol! Já te contei anteriormente que o cortisol mata os neurônios, você lembra? Pois bem! O Dr. Williams diz que pessoas hostis (tipo A) liberam 40x mais cortisol que pessoas não hostis (tipo B). E são 5 x mais propensas a sofrer ataque cardíaco e de outras doenças, do que o perfil do tipo B.

AGORA VAMOS TESTAR QUAL É O SEU PERFIL 

Preencha o questionário a seguir e analise se você está hoje mais para o perfil do tipo A ou tipo B.

1. A pessoa que corta meu cabelo acaba cortando mais do que eu queria.

A) Acabo achando que o cabelo vai crescer de qualquer jeito e resolvo dar instruções mais enfaticamente, da próxima vez.
B) Digo a ela que o corte ficou péssimo.

2. Aconteceu de, em certas ocasiões, eu ficar muito zangado com alguém.

A) Sempre fui capaz de me conter antes de agredir uma pessoa.
B) Em certas ocasiões, agredia a pessoa ou dava um safanão nela.

3. Algumas vezes discuto com um amigo ou parente.

A. Raramente os palavrões.
B. Acho que palavrões são ferramentas eficazes.

4. Estou preso no trânsito.

A. Geralmente não fico particularmente transtornado.
B. Logo começo a ficar irritado e incomodado.

5. O motorista me dar uma fechada no trânsito

A. Fico lá atrás longe desse motorista.
B. Geralmente, xingo motorista ou buzino.

6. Alguém me trata de forma injusta.

A. Normalmente, levo pouco tempo pra esquecer.
B. Sou capaz de ficar pensando nisso por horas.

7. Estou preso numa lenta fila de banco de supermercado.

A. Logo me distraio e nem vejo o tempo passar.
B. Fico irado com as pessoas que estão demorando na minha frente.

8. O elevador para por muito tempo no andar acima do qual estou esperando.

A. Começo a planejar o restante do meu dia.
B. Logo começo me sentir irritado incomodado.

9. Estou próximo de alguém de que não gosto.

A. Procuro terminar o encontro o quanto antes.
B. Acho difícil eu não ser rude com ele.

10. Alguém critica algo que fiz.

A. Procuro analisar se a crítica é justificada.
B. Isso me incomoda.

11. Estou envolvido numa discussão.

A. Concentro-me bastante, a fim de comunicar meu ponto de vista.
B. Sinto coração disparando e respiração ofegante.

12. Houve momentos no passado em que fiquei realmente com muita raiva.

A. Nunca arremessei objetos ou bati uma porta.
B. Houve ocasiões em que arremessei algo ou bati a porta.

13. A vida é cheia de pequenos aborrecimentos.

A. É verdade, mas acabou não ligando muito pra eles.
B. Com certeza. Frequentemente ele se tornam uma chateação.

14. Alguém me dá um esbarrão numa loja.

A. Encaro isso como um acidente.
B. Sinto me irritado com a falta do jeito da pessoa.

15. Em algumas ocasiões preciso trabalhar com pessoas incompetentes.

A. Concentro-me fazendo a minha parte do trabalho.
B. Ter de trabalhar com elas me deixa irritado.

16. Na maioria das discussões que tenho, os papéis são sempre os mesmos.

A. A outra pessoa está mais zangada do que eu.
B. Sou mais zangado.

Agora, conte um ponto para cada resposta B.

Se a contagem total for maior do que quatro, seu nível de hostilidade está elevado o bastante para aumentar o risco de desenvolver problemas de saúde.

Teste extraído do livro “Anger Kills” (raiva mata) do Dr. Redford Willia

(Visited 659 times, 1 visits today)
Last modified: 7 de maio de 2020